05 motivos para enaltecer "Game of Thrones" apesar do final decepcionante

Apesar de seus altos e baixos, a atração da HBO marcou para sempre o mundo do entretenimento.


📷 HBO / Divulgação


Com um caminho já consolidado no mercado editorial, as Crônicas de Gelo e Fogo, escritas por George R. R. Martin, começaram a ser adaptadas para a televisão no ano de 2011, pela emissora HBO, que sempre foi conhecida por suas produções com qualidade acima da média e forte impacto cultural. Nove anos se passaram, e após oito temporadas, muitas especulações, fanfics, teorias e uma trajetória marcada por altos e baixos, a série chegou ao fim no dia 19 de maio, deixando órfãos uma legião de fãs e admiradores. 

Apesar da reputação que construiu ao longo dos anos, Game of Thrones encerrou sua carreira dividindo opiniões e recebendo duras críticas, devido aos acontecimentos traçados em sua reta final, e deixou um grande número de pessoas descontentes e decepcionadas. Porém, não se pode negar que a atração sempre manteve um nível altíssimo, e será sempre lembrada como uma das melhores séries já feitas. Aqui listamos alguns motivos que comprovam isso:


01 - Imprevisibilidade do roteiro

Havia muita expectativa no início da adaptação com relação aos livros. Muitos questionavam se a HBO conseguiria alcançar a boa dinâmica e o impacto dos acontecimentos dos livros. Bom...parece que conseguiu. Afinal, cada episódio que ia ao ar era acompanhado de muita expectativa. Tudo podia acontecer. Os desdobramentos mais inesperados pegavam todos de surpresa, e levavam a história por caminhos incomuns e fora da zona de conforto, assim como nos livros.

02 - Humanização e vulnerabilidade dos personagens 

No mundo de GOT, os personagens eram humanizados ao máximo, e totalmente fora do que se espera de um "vilão", ou um "herói". Todos podiam ser heróis e vilões. Um personagem despertava compaixão e carinho, e no episódio seguinte passava a ser odiado por uma ação ou atitude. Os roteiristas trabalharam muito bem o fato de que no contexto de Westeros, haviam seres humanos reais, dignos de admiração, e passíveis de falha, muitas vezes ambos no mesmo episódio. 
Outra questão que ficou bastante evidente, era o fato de que ninguém estava a salvo, e isso era proposital. Qualquer personagem, por mais amado que fosse, corria riscos e poderia morrer sem aviso prévio em uma batalha, confronto, ou emboscada. Isso sem dúvida foi uma jogada de mestre, e deixou muitos espectadores traumatizados.

03 - Grandes atuações

Algo que chamava a atenção em muitos episódios, era a forma como se podia notar a entrega e o talento de muitos atores em seus papéis em GOT. Com um roteiro na maioria das vezes fluído e profundo, havia espaço para os atores colocarem em prática a dramaticidade necessária, o que rendia momentos inesquecíveis. Nunca vamos esquecer de Catelyn Stark tentando salvar o filho Rob da morte, na atuação magnífica da atriz Michelle Fairley. Também sempre lembraremos dos desabafos cheios de mágoa de Tyrion, pela voz do incrível Peter Dinklage, ou da altivez e frieza de Cersei, na atuação da maravilhosa Lena Headey. Atores incríveis...que nos proporcionaram personagens incríveis.



📷 HBO / Divulgação


04 - Batalhas e acontecimentos grandiosos

Os episódios mais esperados, eram sem dúvida os nonos de cada temporada. Era ali que se concentravam os maiores acontecimentos, ou as maiores batalhas da temporada. Apesar do costume de se usar o nono episódio, grandes momentos ocorreram fora dali também. Todos paravam para ver uma batalha movida a fogo-vivo na baía da Água Negra, ou então o fatídico Casamento Vermelho. A Batalha dos Bastardos...a explosão do septo de Baelor...a caminhada da vergonha...o casamento de Joffrey. Ufa! Foram tantos momentos grandiosos e únicos! Momentos que redefiniram os caminhos da série, e ajudaram a moldar o seu sucesso.

05 - Investimento Inédito para uma série de televisão

Algo muito comentado e difundido durante a série, foi o tratamento dado e o investimento pesado que foi colocado à disposição para dar vida aos personagens e os seres  de Westeros. As cifras investidas foram altíssimas, e isso sem dúvida ajudou a catapultar a popularidade e elevar a qualidade a um nível nunca antes visto em seriados de tv. Sem tal investimento, talvez não teríamos dragões adoráveis de CGI, extremamente reais...ou aquelas batalhas épicas e inesquecíveis. O "hype" gerado foi enorme, e o resultado todos já conhecem.


Bom...apesar dos pesares não dá pra negar: Game of Thrones foi sim um dos maiores seriados já produzidos, e terá seu nome em destaque para sempre, no panteão do audiovisual.




05 motivos para enaltecer "Game of Thrones" apesar do final decepcionante 05 motivos para enaltecer "Game of Thrones" apesar do final decepcionante Reviewed by Adriano Rezende on maio 27, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário